25 de abril de 2017

Amor por Contrato

Olá people, tudo no dendê? Voltamos as atividades normais do blog! Sempre que apresento algum especial, dou um espacinho pra retomar as atividades, até pra não ser aquela coisa "do nada". Bom, mas agora que tá tudo certinho, vamos ao que interessa:

Sinopse:

" Os Jones são uma família perfeita. Pais belíssimos, filhos comprometidos e uma casa maravilhosa. Tudo na vida deles parece um sonho: carros possantes, roupas descoladas  e celulares de última geração... E aquele relacionamento de família da propaganda de margarina? Eles tem também. Mas será mesmo? E se eu te disser que eles são pagos pra isso? Eu sei, parece o emprego dos sonhos, mas não se precipite antes de realmente conhecer a família Jones.  "




       Filme bom? Filme ótimo! Eu realmente adorei a proposta do enredo. Amor por contrato, acredite se quiser, fala de uma coisa que realmente existe chamado "marketing oculto". Não estou dizendo que existem famílias feitas e programadas apenas para isso, não sei quanto as Kardashians, mas... Enfim, como estudante de Publicidade e Propaganda, me sinto no dever de dizer que isso existe! Algumas atrizes, atores, cantoras, enfim, são vestidas e munidas de produtos todos os dias pelas mais diversas marcas e ganham com isso.
     Bom, eu amei o fato desse filme trazer uma realidade de maneira mais escancarada. Nos faz pensar no quanto damos valor à coisas realmente desimportantes e o quanto podemos ir pra conseguir o que queremos (e isso não é um elogio). Começamos assistindo ao enredo de maneira tão superficial que chega a ser estranho, pois meio que aceitamos o fato de que eles estão ali pra vender e tá tudo bem. Esquecemos que eles influenciam vidas muito além de gostos pessoais. Além de só realmente lembrarmos que os personagens tem sentimentos lá pra frente.
      Quanto aos outros elementos do filme, são ótimos. A trilha sonora casa bem com o enredo e os ambientes são muito bem estruturados. Fala sério, quem não queria ter aquela casa dos protagonistas? Tudo nesse filme te faz pensar sobre consumo consciente e equilíbrio financeiro e psicológico. É super recomendável! Vale a pena assistir!




Assim, termino a resenha com a classificação de estrelinhas (de 1 a 5), uma frase do filme e o trailer (pra que você dê aquela olhadinha marota).




Classificação:



Frase:

" Comece vendendo por pessoa, mas depois terá que criar um efeito dominó, que é quando outras pessoas já vendem por você. "




Trailer:










Obrigada pela atenção e um beijo enorme com gostinho de acarajé!  



Nenhum comentário:

Postar um comentário