21 de novembro de 2016

Harry Potter #4 - Eu Li: Harry Potter e a Criança Amaldiçoada - John Tiffany e Jack Thorne

Título: Criança Amaldiçoada
Série: Harry Potter
Autor(a): John Tiffany e Jack Thorne
Editora: Rocco
Página: 343
Lançamento: 2016
Estrelas: 

Sinopse: Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados. Ansiosamente aguardado por milhões de fãs, o oitavo livro da saga de maior sucesso de todos os tempos chega às livrarias de todo o Brasil no dia 31 de outubro, em edições brochura e capa dura. Harry Potter e a criança amaldiçoada é a edição impressa do roteiro de ensaio da peça escrita por J.K. Rowling em parceria com Jack Thorne e John Tiffany, que está em cartaz em Londres e se passa 19 anos após os acontecimentos narrados em Harry Potter e as Relíquias da Morte.


Eu literalmente não posso negar que fiquei igual criança quando soube que mais um livro seria lançado, parecia um sonho ter a continuação de uma história tão amada, pode ler sobre os filhos dos personagens que tanto amo e claro pode reencontrar aquele mundo magico de novo. Quando eu soube que o lançamento em português demoraria tanto sofri um pouco, por não saber ler em inglês e ter que esperar ate outubro pra ter o livro em mãos e enfim poder viajar na historia, mas me aguentei de ansiedade e assim que outubro terminou e o livro foi lançado em comprei ele toda animada pela leitura.

Eu já havia lido um livro estilo roteiro de teatro, então não foi nada difícil e nem estranho pra mim ler esse livro, a leitura e leve e bem rápida e o livro roda entorno da história de Albus e Scorpius e principalmente sobre a relação deles com seus pais Harry e Draco.

No começo do livro eu estava super animada com a leitura e foi muito gostoso realmente a parte de entrar nesse mundo novamente, de reencontrar Harry, Ron, Hermione e tanto outros personagens, rever Hogwarts e sabe como essa escola está depois de tanto anos e como são os novos personagens que estavam na minha cabeça desde o epilogo de Relíquias da Morte.

Mas ao mesmo tempo parece que as coisas não se encaixaram do jeito que devia, tem partes que não se ligam com coisas que J.K Rowling já falou ou até mesmo que estão escritas de um jeito nos sete primeiros livros e nesse mudou do nada, os personagens não estão tão fieis ao que eram e mesmo que eles tenham envelhecido a essência que conhecemos parece que foi embora.

Ron virou um bobo que sabe apenas fazer graça ate nas horas mais indevidas e mesmo que ele sempre tenha sido a graça do trio, ele sabia muito bem quando falar sério. Ginny mais uma vez foi esquecida e na maioria das cenas ela não parece nem um pouco o que era nos outros livros e Draco tem uma frase dele nesse livro que eu parei e fiquei pensando - cara que coisa ridícula - e acredite você vai saber que frase é quando ler.

Sobre os personagens novos Scorpius é simplesmente maravilhoso, um amor de pessoa ao contrario do melhor amigo Albus que é um adolescente insuportável o livro inteiro me fazendo ter vontade de gritar com ele, ainda bem que no final ele melhora, pois haja paciência. E Rose que é a outra que mais aparece além dos dois é uma chata de marca maior e não uma chata que melhora igual a mãe dela no primeiro livro e uma chata, que se acha e que tem umas atitudes sem noção.  

Hugo não aparece nesse livro apenas é citado em algumas partes. James vive para atormentar o irmão e pelo jeito ama uma gracinha acho que podemos imaginar pra quem ele puxou e Lily é um amor até onde eu me lembro dela.

O livro não parece nada com os outros e se você tinha esperança de uma aventura cheia de reviravoltas igual os outros livros, pode abaixar a expectativa, além da escrita ser diferente por ser uma peça de teatro como eu já falei os personagens não são tão bem retratados assim. Sei que parece que eu simplesmente odiei o livro inteiro, mas não foi isso é só que querendo ou não eu tinha expectativas demais e elas não foram superadas - acredite me doí assumir isso. Mas apesar de tudo vale a pena ler e ter a oportunidade de voltar a esse mundo e ter todas as sensações nostálgicas possíveis.

Se você já leu o livro me conte o que achou nos comentários, e se amou ele não fiquei com raiva de mim, por favor 😘


Maria Mariana - Beijoos
Sigam nossas redes sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário